21 de julho de 2010

Desemprego

Estou desempregada, a receber um subsidio social de desemprego e por isso tenho de me apresentar quinzenalmente na junta. Até aí tudo bem. Nem sempre me apetece, mas enfim, é uma caminhada que se dá e também não tenho muito mais que fazer. Até acho muito bem porque tem de haver algum controlo, embora esse possa ser facilmente contornável mas enfim, o importante é acreditar.

Agora, a minha irritação/intriga reside noutro aspecto. Disse-me hoje a senhora funcionária da junta que é possível que "eles"(sinceramente não sei muito bem quem são esses "eles" mas também quero continuar sem saber) nos façam inspecções à nossa casa, para verificarem se lá estamos. Ora, não sei se é implicância minha, mas não vos parece um bocado ilógico isto? Então uma pessoa desempregada não pode sair de casa? "ah se vão lá um dia e não está, vão no seguinte e também não está, é porque algo não está bem". A sério? Mas se eu me apetecer ir todos os dias para a biblioteca não posso? Ou vamos supor que na minha loucura, me apetece sair para a rua à procura de trabalho, não posso? Ou se me apetecer ir para o jardim porque simplesmente estou farta de estar em casa, também não posso? Querem lá ver....

Já não basta uma pessoa estar desempregada ainda tem de estar em casa todos os dias. "foram despedidos? ai é? de castigo em casa que é para aprenderem!"

O melhor a fazer é uma pessoa rir-se não é? Que sim que sim. Vamos lá dar umas valentes gargalhadas. Mas em casa queridos, em casa.

1 comentário:

Poetic GIRL disse...

Realmente é mesmo para rir, isso não tem cabimento nenhum... enfim como vai este país! bjs