20 de outubro de 2008

Thoughts

Meredith: "Don't wonder why people go crazy. Wonder why they don't. In face of what we can lose in a day, in an instant, wonder what the hell it is that make us hold it together."

Meredith: People are constantly asking you to tell them how you're doing. How the hell are you supposed to know?

Grey's Anatomy

3 comentários:

I'm a Saint! disse...

Gostei muito da primeira. Realmente faz muito sentido e como estamos todos sujeitos a momentos menos bons, agimos, por vezes, de maneira diferente.

_Purple Wings_ disse...

Está frio. tenho os dedos da minha mão direita enregelados...sou esquerdina, talvez seja por isso; os meus músculos têm menos acção; mas nem por isso menos actividade... estou a ouvir a "one" dos Metallica.. in crivél, ouvi-a ao vivo no Rock in Rio... giro, nunca pensei ir ver metallica, mas vi; nem sao das minhas bandas preferidas. Foi bom? preferi machine head que foi no mesmo dia. lá fora qualquer coisa range por entre o vento... seclhar é o vento que está a ranger por entre o meu cérebro...de qualquer forma os meus dedos nao regem (ainda) mas estão enregelados... ao me questionar se serei sempre a mesma, direi sempre que não (sempre? que parvoice!nunca disse isto..na verdade quase nunca ninguem me perguntou.ou será que perguntou?isso tambem nao interessa nao me faz passar o frio)mas eu pergunto-me se sou sempre a mesma...eu espero que não, quando tinha 18 anos nao o era, e quando tiver 28 espero tambem nao ser. Sao manias que vêm piorando... receio bem que com a idade. mas qual idade??? a minha idade real, virtual, mental ou aquela assim-assim? Eu espero que seja a assim-assim, porque como nao tem definiçao certa posso dizer que é essa mesmo. sossega-me a alma (seja la isso o que for). olha!ja nao tou a ouvir metallica!tou aouvir pink floyd! a learning to fly. adoro-a. nunca vi pink floyd ao vivo, tmb ja nao vou a tempo, mas vi uma banda que sao os off the wall em tributo deles.paguei 27€ mas vi.na aula magna. e por falar nisso, kem diria k eu irira cantar e dançar e tocar lá nesse palco...é...ninguém diria, mas aconteceu! Irra que isto há coisas do caraças... é isso e pagarem-me pa fazer aquilo que amo...chato nao é? mas acontece...do piorio mesmo. E tu perguntas-me alguma coisa? Claro que nao! mas apeteceu, porque senão dou em louca. e eu nao gosto de desapontar as pessoas.

a mao direita continua gelada...chatice...e ate lhe dou a dar muito uso...afinal a culpa é do tempo...dizem por ai que é um defeito meu ficar c as maos geladas e os pés mal isto arrefece! Porra!

beijinhos.....

perdida disse...

Posso te dizer, pequena purple, que aos 23, não és a mesma que eras aos 13. Porque eu estive lá. Eu estou aqui. No fundo estou em todo o lado...

Gostei deste teu momento pensativo.

"é isso e pagarem-me pa fazer aquilo que amo... gostava de imaginar uma vida assim.. Mas que uma de nós pelo menos tenha essa sorte.

Já eu, tenho de pagar por aquilo que odeio. Divertido né? A vida é tão divertida. Uma brincalhona mesmo, a cabra. Da vida. Não sei se gostava de ter a vida como minha amiga... No fundo, quase que me esqueço do que isso é.

Contínua a brilhar, cara wings.

Santo

Ainda bem que gostaste.. é, todos diferentes...