13 de dezembro de 2008

Jungle

As pessoas são capazes de tudo para conseguir entrar no Metro.

3 comentários:

I'm a Saint! disse...

Já senti o que sente uma sardinha enlatada! Ou como se sente um átomo!

Vou te contar! Estava eu no metro com uma colega. Chegámos ao Martim Moniz e as portas da carruagem abriram e fecharam vezes sem conta. Depois de 30 tentativas falhadas ouvimos uma voz do além: "senhores passageiros é favor abandonar o comboio" e nós bem comportados que somos saímos. A estação do Martim ficou a abarrotar. Quando vem o outro metro, que por acaso vinha a meio gás, pensei: "esta gente não vai entrar toda no metro", com a sorte que tive, eu e a minha colega fomos os primeiros a entrar, o resto da malta também queria entrar, então toca de empurrar! Não havia espaço livre, apenas conseguia mexer os olhos! Não me segurei a lado nenhum por que o empacotamento é tão grande que nem uma travagem brusca me movia!

Enfim, coisas que acontecem...

perdida disse...

Que horror! De facto há dias em que apetece ter um metro só p nós..hehe

=)*

*alma de poderosa* disse...

Dp da experiencia k tive ctg n metro em hora de ponta..dou graças a Deus por não ter d usar o metro mts vzs!
E gabo-te a paciência!irra!