31 de março de 2009

Eu e os meus Pensamentos

Eu e os meus pensamentos, frente a frente, numa conversa decisiva.

Eles “Então vamos lá a saber, ao que vem?”

(de notar que não existe uma grande intimidade entre mim e eles, daí o tratamento por “você”)

Eu “sabem que nem eu sei? Para aqui ando, confusa, eu sei lá…sinto-me assim, baralhada

Eles “e diz-nos isso a nós? Acha que não sabemos que anda baralhada? O pensamento “y” ontem ainda se fartou de vomitar com as voltas que teve de dar em si, e vem-nos agora com essa conversa. Ainda se nos dissesse alguma novidade…

Eu “que é que vocês querem? Eu não tenho culpa. Aliás, havendo culpados são vocês, que não me largam. É pá, larguem-me da mão um bocadinho, vá lá!”

Eles (irritados) “mas o que és tu sem nós? Achas que é que por boa vontade que andamos às voltas aí? Achas que gostamos? Que não temos mais que fazer, noutra pessoa por exemplo? Se achas estás muito bem enganada minha menina. Estamos aqui porque este é o nosso papel. Porque um dia nos criaste e agora nem se nós quiséssemos poderíamos sair, porque, em saindo, deixávamos de existir, nós e tu. Agora tens bom remédio, aguenta-te. Finge que não nos ouves se quiseres, mas desaparecer nós não desaparecemos.

Eu (envergonhada) “oh, vocês desculpem…não foi por maldade que vos criei..mas sabem, tempo a mais, sempre, desde sempre… e aí vocês surgiram, que havia eu de fazer? durante um tempo deram-me tanta felicidade, eram a melhor coisa que eu tinha… mas depois foram aparecendo mais, e mais e cada vez mais, e às tantas até já se atropelam…acham que eu consigo dar vazão a isto tudo? Parece-vos possível? A mim não.”

Eles “paciência…tens de ter paciência

Eu “ e eu tenho, amigos, palavra que tenho…mas sei lá, porquê que por exemplo não fazem turnos? Fazia-se uma selecção e umas vezes estavam uns e outras outros, que tal? Hã? Parece bem não é verdade?”´

Eles “e para onde iam os outros nos entretantos?

7 comentários:

*alma de poderosa* disse...

realment nós e os nossos pensamentos..e coisa para dar litros d conversa!
mas gstei mt d sua com os seus..depois diss ficou td bem? espero k sim e k eles n sejam mauzinhos cnsg..n vale a pena..vc e boa moça!

cumprimentos

a minha pessoa*

xana disse...

Bem, realmente tu e os teus pensamentos?!E a confusão q te "propõe" ocupar a mente...De facto, é de uma arrogância, nem sei o q dizer ao certo, pois por vezes é complicado tal situação, se me fiz entender, ou se entendi?!Já nem sei.Sei é q deixas-me a pensar...E isso interessa-me!***

I'm a Saint! disse...

E com a cabeça na amofada vêm os pensamentos a, b, c, ..., x, y, z. O a leva ao b, e dps vem o c e assim sucessivamento. Não porque estão relacionados, mas por que vêm sempre juntos.

ImpossiblePrince disse...

o mal seria, não te deixares absorver pelo mundo dos teus pensamentos sem evoluíres e reflectires com isso. Bjs

_Purple Wings_ disse...

Acho que o mal é tratares os teus pensamentos por "você" ou eles a ti... não existe grande confiança entre tu e eles e ao acontecer tal coisa deixas que eles se apoderem de ti e controlarem-te quando devia ser ao contrário... mas quem diz tu, também diz os outros, todos nós temos esta tendência de não agarrar o touro (ou toiro) pelos cornos. É o que tenho a dizer.

É isso e tratar as pessoas por "você" só porque tem piada, só porque como não se tem nada de jeito para dizer trata-se por você e pronto, a coisa fica engraçada e despachada e pode-se continuar a dar facadas pelas costas.

É isso e os pensamentos... não deixes que te tratem mais por "você" deste modo... os pensamentos claro...




(sou tão cobra eu!)

**********************************

Ana disse...

Pois...e depois a maluca sou eu!!! :P

Para variar, adorei :)
O importante é que, no fim de cada conversa, tu e os teus pensamentos se entendam!
E não te preocupes porque cabe tudo em ti. As coisas é que estando desarrumadas ocupam mais espaço...
Arruma os teus pensamentos e vais ver que ainda vai sobrar espaço para muito mais!

BjOka***

P. Moai disse...

Gostei do teu post .... eu próprio também tenho longas conversas e discussões com os meus pensamentos.